Loading...

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Taubaté: a capital nacional da Literatura Infantil

Nessa manha que antecede a Proclamação da República (15 de novembro de 1889 - fim da Monarquia e advento da República), fiquei pensando sobre os nossos pequeninos, as nossas crianças e adolescentes.
Ensina a Psicologia que é nessa fase que o caráter e a identidade dos futuros homens e mulheres serão construídos. O que a sociedade tem efetivamente realizado? Além, das novelinhas da Globo e dos seriados de TV nada instrutivos, o que resta?

Quero como todos os pais acreditar que a Literatura, e nesse rol, o gosto pela leitura podem ser o caminho para construir uma nação. Essa ideia não é minha, é dele, do Monteiro Lobato: "uma nação é feita de homens e livros". É pelo estudo ou pelo fomento do gosto pelo "sabor dos saberes" que as crianças vão tecendo as suas personalidades. Queridos papais, cuidem da alma/inteligência dos seus herdeiros, não os deixe à mercê dos meios de comunicação de massa. Quanto "lixo televisivo", quanto violência, sem falar na "banalidade do mal" presente na mídia! O que a Prefeitura de Taubaté tem feito em termos de cultura, de fomentar a cultura? Como vão as nossas escolas?  

No artigo intitulado "A filosofia de lavar a louça" - Folha de São Paulo - (segunda-feira, 29 de outubro de 2012, Ilustrada) o filósofo Luiz Felipe Pondé assevera que "O Brasil é terra de atrasado, corrupto, esculhambado, inculto, novo rico e por aí vai"; e em outra parte diz: "Entre nós, dar 'tudo' para os filhos até os 40 anos de idade e signo de sermos bons pais. E com isso preparamos adultos retardados e com futuras salas de visita cheias de fantasmas de nossa pobreza de espírito". Nas cátedras de filosofia, nos ensina que o filósofo é "a consciência da humanidade", se for verdade, então Pondé conseguiu captar as falhas mais profundas da nossa cultura e o mal estar de nossa civilização contemporânea.


Estudar é um valor! Um dos mais importantes para construir o homem e a mulher do futuro, que Taubaté como a Capital da Literatura Infantil faça juz a esse título!


Prof. Mauro de Souza
escritor e filósofo



Nenhum comentário:

Postar um comentário